Em 2007 Jason Bourne desaparece dos nossos radares e dos nossos corações.

Volta depois de quase 10 anos de espera Jason Bourne, la minha serie de filmes spy action preferida, mais do que os vários Bond dos últimos anos.
Sempre amei o contraste entre o rostinho fofo e inocente de Matt Damon e a sua frieza de Killer, as suas técnicas de combatimento, a sua preparação em tudo que um agente segredo deve saber fazer.
Li que um dos grandes problemas entre King e Kubrick, no set de Shining, era a escolha de Jack Nicholson.
Para King o protagonista era um homem normal que enlouquece, devagar e gradualmente. Nicholson parece louco já a primeira inquadratura.
Para quem como eu  ama a serie de Jason Bourne sabe que o ponto forte é esse: um homem da aparência normal, cheio de dúvidas,  sobre a sua verdadeira identidade, que dentro de si esconde a potência destruidora de um arsenal atômico.
Nesta última aventura encontramos o protagonista mais cínico, envelhecido, consciente dos seus dotes, que escolhe estar longe de todos, para não ser tocado pelo mundo que o criou e que gostaria de te-lo novamente ao seu interno como um diamante precioso reencontrado.
Na realidade não é Jason Bourne o protagonista da história, mas, sim as agências secretas, com a mania de controle sobre tudo e as suas lutas internas pelo poder.
O nosso Herói aqui é somente um anjo vingativo, desiluso do mundo que gostaria somente de esilarsi.
Uma visão diferente dos três filmes anteriores, um filme rico de cenas de ação ótimas, como a perseguição entre um carro e blindado, pelas ruas de Las Vegas.
Tudo escorre bem, sem tedio, mas, de qualquer modo falta aquele sentido de pureza que tinha no primeiro capítulo, para dar espaço ao blockbuster onde muito ja é compreensivel da primeira inquadratura.
Se nota com prazer a presença do grande Tommy Lee Jones no personagem do super malvado.
Saì da sala parcialmente satisfeita mas, para Bourne e Matt Damon, estou sempre pronta a dar uma chance.

 

recensione Jason Bourne

Questo articolo è disponibile anche in: Italiano

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *